Eu digo NÃO!

Em defesa da língua portuguesa, o autor deste blogue não adopta o "acordo ortográfico" de 1990 por este ser inconsistente, incongruente e inconstitucional, para além de, comprovadamente, ser causa de crescente iliteracia em publicações oficiais e privadas, na imprensa e na população em geral.


28/11/2013

Iluminação da igreja

Alguém se lembra, ainda, da última vez que a igreja paroquial foi iluminada por alturas de festas, ou até no Natal?
No seguimento das obras de restauro da igreja paroquial, concluídas em 2003, a Fabriqueira decidiu, a partir daí, acabar com a iluminação durante as festas e Natal porque poderiam causar infiltrações de água e outros danos estruturais, salvaguardando desse modo o enorme esforço da paróquia e dos benfeitores.
Embora essa proibição não seja de todo descabida, passados dez anos verificamos que afinal as obras de restauro e a ausência de iluminação não conseguiram evitar que seja necessário realizar novamente obras para acabar com infiltrações de água...
Por isso pergunto, não acham que as festas ficam demasiadamente monótonas e sem brilho sem a iluminação da igreja?
Acham que vale a pena continuar com esta proibição quando actualmente há novos materiais, tanto ao nível da iluminação, de fixação e de estruturas que permitem instalar a iluminação e reduzir ao mínimo os estragos e danos nas paredes, azulejos, telhado e pedra?
Penso que os responsáveis deveriam rever esta posição e dar oportunidade aos festeiros para abrilhantarem e  proporcionarem mais cor e alegria às noites frias da festa da padroeira e no Natal.
Que acham?

23/11/2013

14/11/2013

Obituário


O funeral está marcado para amanhã, sexta-feira, 15/11/2013, pelas 10:00 horas.
O seu corpo encontra-se em câmara ardente em sua casa, na Rua da Igreja, 43, de onde será trasladado para a igreja paroquial duas horas antes do início das cerimónias funebres.

Crónica desportiva

(Barcelos Popular)

12/11/2013

Resumo do jogo




Resumo do jogo da Taça de Portugal Setúbal 2-1 Santa Maria na RTP1.

09/11/2013

Obituário


O funeral realiza-se amanhã, domingo, pelas 17:00 horas, encontrando-se o seu corpo em câmara ardente na capela mortuária.

04/11/2013

Crónica do jogo

Crónica do jogo Pedras Salgadas 0-2 Santa Maria retirada do "Desportivo Transmontano":


Mais um desaire no campeonato...
O Pedras Salgadas somou a sua segunda derrota consecutiva no Campeonato Nacional de Seniores. Os comandados de Carlos Guerra protagonizaram um exibição apagada, fria, e sem chama. Com este triunfo o Santa Maria aproximou-se dos primeiros classificados.
A formação do Pedras Salgadas, voltou a vacilar no seu reduto, as estatísticas são claras: 4 jogos em casa, 3 derrotas, e 1 empate. No encontro de hoje, a equipa voltou a não estar ao seu melhor nível, permitindo que a formação visitante ganhasse vantagem logo aos 15 minutos, por intermédio de Venu, que finalizou da melhor forma, uma jogada de envolvimento ofensivo.
Com a obtenção do golo inaugural, tudo se tornou mais fácil para a equipa orientada por Pedro Rocha, que fazia da posse de bola a sua principal arma. Em contrapartida, o Pedras Salgadas tentava pressionar alto, procurando recuperar o mais rápido possível o esférico. Contudo, só através de dois remates perto da área de Malam e um de Latyr, é que o Pedras Salgadas levou perigo à baliza de Fábio. Por sua vez, o Santa Maria era uma equipa mais objectiva e eficaz, e aos 40 minutos, voltou a aumentar a vantagem no marcador por intermédio de Abel que isolado perante Rafael Albuquerque não falhou.
Na etapa complementar Carlos Guerra fez entrar Pedro Costa e Guillaume na tentativa de dar mais acutilância ao sector atacante , com o objectivo de chegar com mais perigo à baliza adversaria, na tentativa de reduzir a desvantagem no marcador, contudo a equipa da vila termal sentia muitas dificuldades em conseguir criar jogadas de perigo. Por seu turno, a turma que viajou desde Barcelos, fruto da sua experiência e qualidade de plantel soube gerir a vantagem que trazia da primeira parte, pautando só o ritmo de jogo.
Em suma, uma vitória justa do Santa Maria, já que ao longo do tempo regulamentar foi a formação que melhor jogou e aquela que mais vezes procurou o golo.
Henrique Rodrigues e seus auxiliares realizaram uma arbitragem deverás positiva, num jogo não muito faltou e onde ambas as equipas se respeitaram mutuamente.
Ficha Técnica:
Complexo Desportivo de Vila Pouca de Aguiar
Árbitro: Henrique Rodrigues (AF Bragança)
Auxiliares: Bruno Cordeiro e Pedro Gonçalves
Pedras Salgadas:

Rafael Albuquerque, Fall, Latyr (Guillaume), Malam (Pedro Costa 45m), Mourão, Dani (cap), Mendonça, Meira, Mike, Ramalho, Álvaro (Ivo Calado 65m)

Treinador: Carlos Guerra


Santa Maria:

Fábio, Rato, Zé Pedro, Venu (Paulinho 70m), Veiga (cap), Telmo (Torres 85m), Tico, Alex, Abel (Rui Silva 70m), David, Miguel.

Treinador: Pedro Rocha
Cartões Amarelos: Malam (30m), Meira (66m), Alex (80m), Ramalho (89m)
Golos: Venu (15m), Abel (40m)

Adenda de 7/11/2013:
(Barcelos Popular - 7/11/2013)